29 agosto 2011

THE DAILY POP: Apresentamos... Dionne Bromfield: Good For The Soul !

Dionne Bromfield é uma garota inglesa de 15 anos que apareceu cantando para o grande público pela primeira vez em um vídeo no Youtube, cantando "If I Ain't Got You" de Alicia Keys. É bem comum vermos jovens cantoras (ou aspirantes) postando vídeos caseiros na internet, porém esse foi diferente. Dionne estava acompanhada de sua madrinha, Amy Winehouse.

Daí pra frente foi só alegria, a sortuda e talentosa afilhada gravou um disco pela gravadora de Winehouse, somente com ‘covers’ de clássicos do soul, chamado “Introducing Dionne Bromfield”.

Agora ela lança este trabalho de músicas inéditas, porém cheio de influências dos ‘oldies’ tão queridos por Bromfield. O álbum “Good For The Soul” é bem dançante e tem faixas que você poderia jurar que são regravações de algum hit dos anos 50, das Supremes, mas especificamente. Só se percebe que não é de fato, pela qualidade de gravação, masterização, mixagem, produção...enfim, recursos que podemos desfrutar hoje, para que tudo saia perfeito, mesmo que não seja.

01. Yeah Right (ft. Diggy Simmons)
02. Good For The Soul
03. Sweetest Thing
04. Muggin’ (feat. Lil’ Twist)
05. Too Soon To Call It Love
06. Ouch That Hurt
07. If That’s The Way You Wanna Play
08. A Little Love
09. Time Will Tell
10. Get Over It
11. Remember Our Love
12. In Your Own World
13. Don’t Make It True
14. Move A Little Faster
15. Lost In Love
16. Yeah Right (Live)
17. Good for the Soul (Live)
18. Sweetest Thing (Live)
19. Foolin (Live)
20. Get Over It (Live)

"Yeah Right" tem refrão que gruda na cabeça e é bem dançante. O álbum traz cinco faixas ao vivo, e vendo vídeos de Dionne cantando, é fato que ela canta, é afinada e carismática. Tem tudo para ser uma artista de sucesso em um futuro próximo.

Destaque para a faixa “Good For The Soul”, com guitarra cheia de groove, mudança esquisita de tons, mas é legal assim mesmo e “Get Over It”, que é uma baladinha.

“Sweetest Thing” faz uma combinação entre vintage e moderno, o vocal segue uma linha melódica bem 50’s, no entanto tem uma batida toda moderna. A mistura ficou legal, mas nessa faixa a voz não ficou boa.

Chega um momento que todos estavam esperando: tem algo que lembre a Amy? Tem sim... “Foolin” dá um susto de tanta semelhança com a voz e o timbre de Amy Winehouse, até parece a própria, às vezes! Esse é o novo ‘single’ dela.

“Good For The Soul” pode fazer certo sucesso, mas a carreira de Dionne certamente está só no começo e o amadurecimento vem com o tempo. Dionne começou bem. (Via Territorio da Musica)

:

Nenhum comentário:

Postar um comentário